top of page

10 caminhões que ganharam apelidos no Brasil

A criatividade dos brasileiros não tem limite e não seria diferente na hora de categorizar caminhões ao longo da história com suas peculiaridades de cada um. Por isso, separamos uma lista com 10 caminhões que receberam um “novo nome” no mercado e são facilmente reconhecidos nas estradas pelos seus apelidos divertidos.

10. Mercedes-Benz L-312 ‘Torpedo’

Popularmente conhecido como Torpedo, o Mercedes-Benz L-312 foi o primeiro da marca produzido no Brasil, em 1956. O modelo recebeu o motor OM-312, de injeção direta, 6 cilindros em linha e 112 cv de potência.

09. VW 24.250 ‘Bob Esponja’

Um dos recordistas de vendas da VW/MAN, o VW Constellation 24.250 ficou carinhosamente conhecido como Bob Esponja. Dentre as características do modelo, o amarelo muito próximo ao personagem do desenho animado e seu formato quadrado deram origem ao apelido. Prova do quão popular era, é que 24.250 liderou seu segmento durante vários anos no Brasil, sendo sucedido pelo Constellation 24.280.

08. Ford F-14000 ‘Sapão’

O formato de sapo arredondado, na visão dos caminhoneiros, não escapou do radar deles, deixando o Ford F-14000 para sempre conhecido como Sapão.

07. Scania 111 ‘Jacaré’

Em 1976 chegaram os caminhões L, LS e LT 111, da Série 1. O último e mais bem-sucedido capítulo de uma era que durou mais de 20 anos: os chamados “Jacarés”. A cabine bicuda, cujo desenho frontal era mais agressivo, lhe conferia aparência extremamente robusta. Sua característica mais marcante era a cor laranja.

06. Mercedes-Benz LP-321 ‘Cara-Chata’

Lançado há mais de 50 anos no País, o Mercedes-Benz LP-321, conhecido pelo motorista brasileiro como Cara-Chata, foi produzido entre 1958 e 1970 e neste período vendeu mais de 35 mil unidades. O caminhão tinha capacidade de carga de 10 t, além de motor de 121 cv de potência, de 6 cilindros e câmbio de 5 marchas.

05. FNM ‘Boca de Bagre’

Equipado com cabine Brasinca, o caminhão da FNM ficou conhecido ‘Boca de Bagre’, pelas linhas que envolvem os faróis do modelo.

04. Ford F-600 ‘Cara Larga’

A grade frontal extremamente larga, quase como um sorriso, deu origem ao apelido recebido pelo Ford F-600, também conhecido pelos motoristas brasileiros como Cara Larga.

03. Scania L 76 ‘João de Barro’

Em 1963, a Scania colocava em cena o L 76, também chamado pelos brasileiros de João de Barro, devido as cores alaranjadas utilizadas no caminhão, bem próxima às casas construídas pelos pássaros de mesmo nome. O caminhão recebeu motor D11R01, de 213 cv de potência e 76 mkgf de torque.

02. VW 19.320 ‘Kombi a diesel’

Kombi a diesel, esse é o apelido que pegou no VW Constellation 19.320, que conta com câmbio manual e motor com 320 cv de potência.

01. Mercedes-Benz 1113 ‘Muriçoca’

Trazendo avanços consideráveis em relação ao 1111, o Mercedes-Benz 1113, lançado no início da década de 1970, figura como um dos caminhões mais vendidos de todos os tempos no Brasil, com mais de 200 mil emplacamentos. A fama do veículo, porém, não o fez escapar da criatividade do brasileiro, que o tornou conhecido pelo apelido Muriçoca.

Fonte: http://transportemundial.com.br/10-caminhoes-apelidados/4/

7 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page