top of page

Como funciona o seguro de cargas?

O seguro de transporte de cargas é uma proteção complementar para suas cargas e tem se tornado indispensável para proteger seus produtos e sua empresa de possíveis danos e perdas durante a operação logística. Quando se faz o envio de um produto, o esperado é que ele chegue ao destino final de maneira ágil, eficiente e em perfeito estado de conservação, não é mesmo? E é aí que entra o seguro de cargas: para assegurar que isso aconteça e que a empresa ou cliente não tenha prejuízo com a ocorrência de imprevistos.

Atualmente, o transporte de cargas é coberto pelo Seguro de Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga (RCTR-C) de forma obrigatória para os transportadores. Esse seguro garante o reembolso de indenizações por prejuízos causados às mercadorias transportadas em casos de acidentes rodoviários. Além dessa cobertura, também existem apólices para estragos nas mercadorias em decorrência de colisão, tombamento, incêndio, capotagem, explosão, abalroamento, desaparecimento, roubo e furto de cargas e caminhão, seguro de carga armazenada, seguro ambiental e seguro adicional para avarias. Esses são problemas comuns nas estradas, o que torna a contratação do seguro de cargas ainda mais necessário e importante.

Existem duas modalidades de seguro de transporte de cargas: nacional e internacional.

Se você vai transportar alguma mercadoria dentro do Brasil, deve contratar um seguro de transporte de cargas nacional. Nesse caso, você ainda pode escolher entre uma apólice para cada viagem realizada ou uma apólice para vários deslocamentos.

Já no caso de um transporte internacional, é importante escolher um seguro que cubra os diversos modais de transporte que possam ser utilizados: aéreo, rodoviário e marítimo. Desse modo, sua mercadoria estará protegida durante todo o percurso. Nessa modalidade, além da indenização por perdas e danos, o seguro pode cobrir impostos, fretes, lucros e despesas também.

Ao contratar uma transportadora para fazer o transporte de suas cargas, é imprescindível analisar nas cláusulas do contrato de quem será a responsabilidade pela contratação do seguro, além de conhecer os procedimentos adotados por ela no embarque e desembarque de suas mercadorias. É fundamental também observar se a empresa cumpre a obrigatoriedade de aderir ao seguro de responsabilidade civil.

É importante ressaltar que mais do que uma obrigação, o seguro de transporte de cargas torna-se uma excelente opção para proteger e minimizar os danos e os riscos a que as cargas estão expostas nas estradas e rodovias.

Entre em contato com a GH Transporte e Logística e saiba mais sobre o seguro de cargas.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page